Línguaçodada


Ficção
1994

 

 

Línguaçodada funde de modo lúbrico a língua e a mulher, oralidade e fascínio, razão e senso.

Tudo se imbrica, arma-des-arma, permitindo plurissêmicas interpretações, dissecções, reconstruções e idiossincráticas fruições. (…) Vale dizer: o texto ludmeriano refere-se a várias das principais vertentes literárias brasileiras sem delas apoderar-se.

Singularmente a obra resulta pessoalíssima, única, contundente e desfrutável.