O Autor

Paulo Ludmer

 

 

 

é paulistano, jornalista, professor convidado na FEI PUC (SP) e na Universidade Mackenzie, engenheiro, músico, artista plástico e psicodramatista. Desde setembro de 2008 é acadêmico (patrono Machado de Assis) na Academia de Letras do Rio de Janeiro.

Alcinhas encerra a trilogia (empreendida com o emérito editor Massao Ono) precedida por Linguaçodada e Outrarias.

Seu livro Circuncisão inaugurou contos curtíssimos, irônicos e debochados, senão tristes, que invadem a intimidade masculina num repto à misoginia reinante de invasão da esfera feminina.

Seguido por Foz, Falésia e Fonte, poemas de amor e paixão.

O autor publicou também os livros de política energética: “Energia: Desconcertos e Impasse”, “Perdas e Gulas – Crônicas Elétricas Brasileiras” (MM Editora, 1994), “Despropósitos Elétricos”, “Crônicas e Correntes e Derriça Elétrica” (MM Editora, 1999), e o mais recente, “Hemorragias Elétricas” (Art Liber 2015).

Entre os prêmios literários que o autor recebeu estão:

  • Prêmio União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro, 1995, por “Linguaçodada”;
  • Prêmio O Capital, de Sergipe, em 1999, de melhor obra do ano para “Outrarias”;
  • III Concurso Casa da Palavra, 1997, texto premiado: “Entre Linhas”, do livro “Outrarias”;
  • Prêmio Edição Literis, 1998, texto premiado: “Desda”, do livro “Outrarias”.
  • Finalista em poesia nos certames da OFF Flip de 2014 e 2017, publicado em suas respectivas coletâneas de premiados.